ALUNOS DE CONGONHAS PARTICIPAM DO PROJETO CIENTISTAS POR UM DIA DA GERDAU

Gerdau e UFMG realizam mais uma edição do Dia de Cientista

Alunos de escola pública de Congonhas (MG) foram cientistas por um dia

A Gerdau, em parceria com o Laboratório de Ecologia de Bentos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), promoveu mais uma edição do “Dia de Cientista”. A iniciativa proporcionou aos alunos envolvidos a realização de experimentos de forma dinâmica e divertida. As atividades foram desenvolvidas com 40 alunos do ensino médio do Centro de Educação Tecnológica, de Congonhas, no Biocentro do Programa Gerdau Germinar.

Além de realizarem atividades práticas nos laboratórios, no riacho do Biocentro e no reservatório Soledade, os estudantes participaram de uma palestra sobre o programa de biomonitoramento das bacias hidrográficas na
visão de Bioindicadores de Qualidade de Água.

De acordo com a analista de Desenvolvimento Ambiental do Programa Gerdau Germinar, Fernanda Montebrune, as atividades proporcionaram aos alunos a oportunidade de vivenciar, em campo e em laboratório, as atividades
realizadas por pesquisadores, simulando as etapas de estudos dos Bioindicadores de Qualidade de da Água em bacias hidrográficas. “Acreditamos que além da experiência vivenciada pelos alunos, as atividades destacam a
importância da preservação das bacias e sua biodiversidade. Ao final, os alunos se tornam agentes multiplicadores e comprometidos em contribuir para a conservação dos recursos naturais”, afirmou.

O “Dia de Cientista” é realizado na sede do Programa Gerdau Germinar, que conta com toda a infraestrutura necessária para a aplicação da atividade. A iniciativa reforça o compromisso da Gerdau com o respeito e incentivo à
preservação do meio ambiente.

Sobre o Programa Gerdau Germinar

Realizado em conjunto pelas áreas de Responsabilidade Social e Meio Ambiente da empresa, o Programa Gerdau Germinar é uma iniciativa voltada  para a prática da educação e conservação ambiental e reforça o compromisso
da Empresa com o desenvolvimento sustentável das regiões em que atua. Desde o ano de lançamento do programa, em 1990, mais de 250 mil pessoas foram beneficiadas pelas ações do projeto. Além de cursos para educadores, a
iniciativa oferece ainda oportunidades de visitas técnicas, eventos, palestras, oficinas e projetos socioambientais nas escolas, abrangendo alunos e professores das redes de ensino da região de Ouro Branco.

O Programa dispõe de um centro de educação ambiental – o Biocentro Gerdau Germinar – com 48 hectares de área preservada e estrutura adequada para atendimento aos visitantes. Conta ainda com a Praça dos Biomas, na qual os
visitantes podem conhecer de perto a representação de alguns dos mais importantes ecossistemas brasileiros: Cerrado, Campos Rupestres, Mata Atlântica, Restinga, Caatinga e Campos de Altitude. O Biocentro também
atende colaboradores da Gerdau com ações para motivar a atuação responsável em todos os ambientes, como oficinas, reuniões e treinamentos no Sistema de Gestão Ambiental.

Sobre a Gerdau

A Gerdau é líder no segmento de aços longos nas Américas e uma das principais fornecedoras de aços especiais do mundo. No Brasil, também produz aços planos e minério de ferro, atividades que ampliam o mix de produtos
oferecidos ao mercado e a competitividade das operações. Além disso, é a maior recicladora da América Latina e, no mundo, transforma, anualmente, milhões de toneladas de sucata em aço, reforçando seu compromisso com o
desenvolvimento sustentável das regiões onde atua. As ações das empresas Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri.

Informações:  Gisiane Alves/Relacionamento com a Imprensa – Gerdau 

Abaixo da Notícia