COLUNA IMAGENS:: A CHUVA QUE PROMETEU E NÃO CAIU

Era pouco mais das quatro horas da tarde do último sábado(14), quando olhava para o céu e percebi a formação de grandes nuvens  escuras que se espalhavam pelo céus de Barbacena, anunciando a chegada de um possível temporal sobre a cidade.

A medida em que essas nuvens aumentavam, eu já ficava temendo a magnitude deste temporal. Rapidamente, peguei a minha câmera fotográfica e partir para um ponto mais alto que tem próximo a minha casa e que de lá se tem uma visão mais ampla da nossa cidade. Quando cheguei neste ponto é que percebi melhor a grandiosidade de uma dessas nuvens que  estava localizada mais sobre a área central, e naquele momento eu não tinha dúvidas sobre que ia mesmo chover bem forte.

Focando bem olhar em direção aos prédios localizado na área de entorno do Jardim do Globo dava pra perceber que em outros municípios vizinhos, como por exemplo em Antônio Carlos,  a chuva já caía com intensidade. Foi neste momento que comecei a fazer os registros fotográficos, pois temia que a chuva que logo chegaria, me pegasse de surpresa no caminho de volta a casa.

Instantes depois, já bem a noite, foi que a chuva veio, mas não com a intensidade que prometia. Mas ajudou a refrescar um pouco a noite.

Quando da virada de sábado para o domingo, foi que uma chuva mais intensa chegou e duradora.

Fotografia (Januário Basílio): Parcial de Barbacena a partir da região do Mosteiro da Visitação.