COLUNA JANUÁRIO BASÍLIO: DESAFIOS QUE PRECISAM SER SUPERADOS

O Prefeito de Barbacena, Luis Álvaro Abrantes, vai ter pela frente inúmeros desafios a serem superados. Um deles, a de devolver o brilho e o prestígio de nossas festas tradicionais e que atualmente, amargam por vários anos de  decadência e a descaracterização de  sua essência.

A principal festa da cidade, a então, tradicional Festa das Rosas e Flores, vem amargando cinco anos sem a sua realização tradicional, uma grande perda para a economia do município, ainda mais, que o comércio e a prestação de serviços são os propulsores da nossa economia, e os turistas que passavam durante  a realização da festa, geravam renda e contribuía para o aquecimento das vendas. Há poucos anos atrás, ainda era possível ver turistas que oriundos de várias regiões e estados, chegavam em Barbacena trazidos por dezenas de ônibus de turismo, que lotavam o estacionamento do nosso decadente e abandonado Parque de Exposições, para ver os desfiles, as belezas e perfumes das rosas e das flores de Barbacena, conhecida nacionalmente como a “terra das rosas”. Mas, o quadro atual da “cidade das rosas” é decadente, com infraestrutura precária e com muitos desafios a serem superados, que vão desde a qualidade de nossas vias urbanas, bem como, o de restaurar e valorizar os nossos patrimônios. É necessário que a nova administração seja operante e tecnicamente bem estrutura, para que sejam garantidos o bom andamento não só dos serviços mais essências, mas também, de que  toda a história, cultura, laser e o turismo, sejam tratado de forma a reverter o estados deplorável de vários bens públicos, do resgate das nossas festas, e de criar atividades culturais e de laser para os nossos jovens.

É preciso olhar para Barbacena como uma cidade que deixou há muito tempo de ser aquela cidadezinha provinciana. Tem que ser ousado  e vencer os paradigmas que vem travando e impossibilitando que ela possa crescer e gerar renda para que os seus filhos não precisem deixar a nossa terra pra poder ter uma vida mais digna em outros municípios. Quando ouço uma pessoa me dizer que vai ter que ir embora da cidade por que aqui não oferece oportunidade melhor de emprego, e vejo no olhar delas  e no tom de sua voz aquela tristeza e dor, até porque, percebo que muitas dessas pessoas deixam a cidade por que precisam trabalhar e sustentar suas famílias, mas a tristeza em ter que deixar sua terra natal, deixa ainda mais apertado o coração e o espírito patriota acaba falando mais alto, e muitas delas até chegam a desistir  de seguir outro destino, permanecendo por aqui na expectativa de almejar dias melhores.

No que tange a estrutura viária, o estados chega a ser caótico, com ruas que praticamente vão precisar  de ser refeitas devido a estado de abandono por quais vem passando há anos sem as devidas manutenções. O bairro Nova Cidade, é o que mais apresenta problemas estruturais , um verdadeiro caos. Falta tudo ou praticamente quase tudo: esgoto que corre a céu aberto, ruas intransitáveis, e a falta de água que é constante neste local, dentre outros…

Como sou otimista, eu quero acreditar que o atual prefeito vai olhar de forma mais técnica para estas situações, e de que ele fará, dentro de suas limitações de recursos, o melhor para a nossa cidade, eu vou ficar na expectativa torcendo para que o melhor seja feito pela nossa Barbacena, que  precisa muito, de pessoas capacitadas e que possam erradicar o amadorismo que sempre prevaleceu na hora de se constituir um novo governo. Ainda tenho a esperança de ver a nossa cidade voltar a trilhar pelos caminhos do progresso e da redenção econômica.

Vamos torcer para que está gestão conduza a nossa Barbacena com determinação e muita força de vontade em superar os desafios, que sabemos não ser poucos,  e que ela volte ocupar o seu lugar de destaque no cenário estadual.

 

Vista parcial do centro de Barbacena.

Fotografia: Januário Basílio