COLUNA JANUÁRIO BASÍLIO: A IMPORTÂNCIA DO RESGATE DA FESTA DAS ROSAS

Estamos nos aproximando de uma das mais importantes festa do município, que terá início na próxima quarta feira(11), véspera de feriados nacional do Dia de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças, com a realização da 49ª edição da Festa das Rosas e Flores de Barbacena. Diversos setores da Prefeitura Municipal em parceria com diversas instituições da cidade estão trabalhando em conjunto para promover a edição de 2017 da Festa das Rosas.

Por três anos consecutivos (de 2014 á 2016) e mais outras duas vezes e em anos diferentes (2009 e 2012), a Festa das Rosas deixou de ser realizada na cidade. Passado todo este tempo, fica inevitável perceber o desgaste sofrido com a imagem deste evento após inúmeras vezes de não ser realizado, ainda mais, por ser um evento bem atípico em nossa cidade, onde milhares de turistas vindos de várias cidades do interior de Minas e de outros Estados da federação, desembarcavam em Barbacena para sentir de perto o perfume e ver as belezas das rosas da cidade. Grande parte destes turistas  eram procedentes de cidades do interior do Rio de Janeiro e lotavam o estacionamento do Parque de Exposições de Barbacena com centenas de ônibus dos mais variados modelos e estilo, trazendo um público muito especial para prestigiar nossa festa.

Diferentemente de todas as demais festas realizada pelo município, a Festa das Rosas tem um público diferenciado, parte deles, turistas de outros municípios do interior do Estado de outros estados, que chegam a cidade acompanhado de seus familiares com o intuito de apreciar os stands, feira de artesanatos e principalmente o evento mais expressivo realizado dentro da programação da festa; os  desfiles das participantes nos tratores ornamentados com rosas e flores,  o outro público, são moradores de Barbacena e de cidades circunvizinhas, que gostam de prestigiar os eventos realizados no período noturno no parque, como por exemplo, os shows artísticos.

A Festa das Rosas, é um evento que gera divisas para a cidade com a grande movimentação de turistas que passam a circular pela cidade visitando nossos pontos turísticos, prestigiando o comércio local e a rede hoteleira, além de visitas realizadas nas propriedade rurais que cultivam rosas e flores, localizadas no entorno do município. Mas, é preciso que estes turistas sejam bem acolhidos na cidade durante a realização da festa para que possam retornar por mais vezes na cidade e com eles, outros novos turistas possam estar prestigiando o evento nos próximos anos.

 

O Parque de Exposições Senador Bias Fortes.

Há décadas sem passar por uma reforma e restauração em sua estrutura, um dos mais lindos Parque de Exposições de Minas Gerais pede socorro.

Idealizado pelo engenheiro Dr. Hilton da Paixão Grossi e construído pelo então Prefeito, Simão Tamm Bias Fortes, o Parque de Exposições Senador Bias Fortes, é palco para a realização de diversos eventos que acontecem na cidade anualmente, entre eles, a Exposição Agropecuária e a Festa das Rosas. Desde meados da década de 90, as degradação e descaracterização no parque começam a surgir com o aterramento da antiga lagoa e ilha que existiam local cujo o espaço atualmente é utilizado para estacionamento dentre outros. Mais adiante, assistimos uma de seus oito pavilhões ir ao chão para “dar mais espaço” a área onde atualmente passou ser realizados os shows. Em Julho de 2015, um incêndio de grandes proporções destruiu o antigo Hirondelles, o local que fica dentro da área do parque de exposições, funcionou por décadas um restaurante e que também passou a sediar grandes eventos em períodos noturno. Todos estes acontecimentos e juntando-se aos demais ocorridos , demonstram o quanto o nosso parque necessita passar por intervenções e reformas urgentes, caso contrário, estaremos fadados e velo se desfazendo em ruínas, então, já será tarde demais para salvá-lo.

Quem deras, que se de cada evento realizado no Parque de Exposições, 5%  do lucro obtido com as festas fossem destinados para obras de manutenção e de melhorias em sua estrutura, certamente ele não teria chegado no completo estado de abandono em que se encontra atualmente.

É preciso olhar nosso bens públicos com foco na sua preservação e mantê-lo sempre bem estruturados, de nada adianta trazer shows faraônicos na cidade se não houver as manutenções necessárias. É como por exemplo; você ter um carro e utilizar ele pra serviço e não investir na sua manutenção, e quanto mais o tempo passa, mais serão os gasto para minimizar os estragos causados por anos sem manutenção, e pode ser que não exista mais dinheiro que se recupere determinados prejuízos causados por meses ou até anos sem priorizar a sua manutenção.

Em conversa com o atual Prefeito de Barbacena, Luis Álvaro, ele disse que  o parque passará por melhorias no próximo ano, e que já está atendo as demandas das quais ele necessita passar em sua estrutura.

Vamos torcer para que esta tão sonhada obras de revitalização do nosso parque seja realmente executadas, e que sejam o mais breve possível para que outras cenas de destruição voltem a acontecer no local.

 

Fotos: Januário Basílio.