ESCOLA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO INAUGURA BIBLIOTECA SUSTENTÁVEL EM BARBACENA

Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale, no Bairro Ipanema, inaugurou, no último dia 29 de setembro, a ”Biblioteca Sustentável Tia Lú”. A execução do projeto envolveu funcionários e alunos da instituição em um trabalho que contou também com a participação de diversas pessoas com a doação de livros.

O espaço recebeu o nome de Tia Lú, em homenagem a servidora Lúcia Helena, que trabalhava na instituição e faleceu este ano. A escolha do nome foi definida através de votação democrática realizada entre os estudantes. Na inauguração, a abertura das portas da biblioteca foi feita por Dona Clarinda, mãe de Lúcia Helena.

A inauguração da Biblioteca Sustentável Tia Lú teve início com alunos da escola encenando a peça teatral ”A Saga”, com apresentação de vários textos clássicos da literatura. A encenação foi dirigida pela diretora Edineia Luciana Condé.

”A convite da diretora Edneia Luciane Condé e toda a equipe da Escola, participei com alegria e grande contentamento do evento de inauguração da Escola Municipal Sebastião Francisco do Vale. O espaço realizou toda uma prática de arte, amor, criatividade e alcançou atividades de todo o corpo discente e docente na sua idealização. Nossos cumprimentos a toda equipe da Escola”, disse o secretário municipal de Educação, Desporto e Cultura, Luiz Carlos Rocha de Paula.

Já na Biblioteca, os visitantes foram recebidos no tapete central pela aluna Laura Cathleen, que leu o texto que escreveu junto com a aluna Cintia Sales, relembrando os momentos mais marcantes da construção do espaço. Um chá literário foi servido e, na sequência, os alunos fizeram uma homenagem à coordenadora do projeto, a professora Andréa França.

”Foi um dia inesquecível. Começamos com a apresentação dos peça teatral ‘A Saga’, protagonizada pelos alunos da escola, que emocionou os público. Ao adentrarem o espaço as expressões das pessoas era de encantamento. Muitos pronunciaram palavras e gestos de carinho, companheirismo e afeto. Por fim, a todos que nos ajudaram, colaboraram direta ou indiretamente todo o nosso amor! E que seja só o começo de tudo”, destacou a diretora Edneia Luciane Condé.

Além do espaço do saber, a biblioteca sustentável conta com um jardim suspenso, também criado com a participação direta dos alunos, que contaram com apoio da ex-coordenadora pedagógica da Escola Maris Barbosa Feres, que trabalhou para que os estudantes pudessem ser orientados por um paisagista na execução do projeto do jardim.

Fonte: Prefeitura de Barbacena.