MANTENDO TRADIÇÃO, CONGONHAS REALIZA MAIS UMA EDIÇÃO DA FESTA DE N.Sra. DO ROSÁRIO

Minas Gerais é um estado tradicional por suas festas religiosas. O povo mineiro é receptivo, hospitaleiro e muito expressivo por sua fé. É com esse espírito que Congonhas recebe entre dias 5 e 8 outubro a festa em louvor a Nossa Senhora do Rosário. As celebrações acontecem na igreja mais antiga da cidade, que é também a porta de entrada do Circuito Cultural dos Museus de Congonhas.

A festa, realizada pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição com o apoio da Prefeitura de Congonhas, reunirá centenas de fiéis para celebração de missas, procissões, apresentações das Guardas de Congado de Congonhas e da região, além da tradicional cerimônia de coroação do Rei e da Rainha do Congado, este ano representados pelos congonhenses Demóstenes de Souza Costa Júnior e Raquel Cristina dos Santos. Serão coroados também duas princesas e um príncipe. Além das celebrações religiosas, os fiéis se divertem com apresentações de cantores da região e com a comercialização de comidas e bebidas típicas de festas populares.

O Chefe de Departamento das Culturas Populares de Congonhas, José Féliz Junqueira, conhecido como Zezeca, conta que o evento é muito antigo na cidade.“Podemos dizer que essa festa existe há mais de 150 anos. Aqui a tradição passou de pai para filho. Eu mesmo fui coroado príncipe da festa quando era criança,o que na época me deixou muito animado. É muito importante manter a tradição!”, comenta.

Algumas das celebrações mais antigas que podem ser acompanhadas na festa são as missas com ofertório de frutas da terra, a varrição da igreja com vassouras de alecrim com as mucamas do Rosário, a procissão com a corte do reinado e a participação das Guardas de Congado homenageando Nossa Senhora do Rosário.

Igreja do Rosário

A Igreja do Rosário, a mais antiga de Congonhas, foi construída pelos escravos em fins do século XVII e conserva até hoje a singeleza daquela época.A primeira metade do século XVIII ficou marcada em Congonhas como a época de intensa religiosidade, traduzida pela construção da maioria das Igrejas, que ainda hoje representam a fé de seu povo.

Em dezembro de 2016, foi feita a entrega do restauro dos elementos artísticos da Igreja. Foram restaurados o Retábulo-Mor, Cimalha da Capela-Mor, Arco-Cruzeiro, Tarja, Cimalha da Nave, Retábulo- Colateral, Púlpito, Forro do Nártex, Pias de Água Benta e Coro, Pintura Geral. Foi feito ainda um novo conjunto de sineira mais condizente com o repertório barroco da época da edificação da Igreja, substituindo a anterior que era de ferro.

Programação

Tríduo preparatório – 05 a 08 de outubro de 2017.

Todos os dias recitação do Terço às 18:30h.

 

5 de outubro – Quinta-feira

19h – Santa Missa. Após a celebração, levantamento do mastro.

Participação: Alvorada, Tancredo Neves, Novo Rosário.

 

6 de outubro – Sexta-feira

19h: Santa Missa

Participação: Vila Andreza, Nova Cidade, Zé Arigó, Grand Park.

 

7 de outubro – Sábado

19h: Santa Missa

Participação: Pires, Campinho, Primavera, Vila Cristina.

 

8 de outubro – Domingo (Dia da Festa)

9h: Tradicional lavagem da Igreja e apresentação das Guardas de Congado

17:30h: Procissão saindo da Matriz de Nossa Senhora da Conceição para a Igreja do Rosário, em seguida Santa Missa.

Descimento das bandeiras.

Participação dos Congadeiros

Reis 2017: Demóstenes Souza Costa Júnior/ Raquel Cristina dos Santos

Fonte: Prefeitura de Congonhas.