Uma visita a Ferreira Guimarães antes do encerramento de suas atividades

A Companhia Têxtil Ferreira Guimarães foi fundada em 18 de janeiro de 1906,  com o nome Companhia Industrial Valença, pelo Coronel Benjamin Ferreira. Somente em meados de 1940 recebeu o nome atual.

A Ferreira Guimarães chegou a ter mais de 800 funcionários  trabalhando na fiação, produção e  acabamentos dos tecidos.  No ano em que encerrou em definitivo a suas atividades em Barbacena, cerca de 200 funcionários ainda trabalhavam na produção da fábrica.

Quando visitei a fábrica em setembro de 2013, diversos funcionários protestavam contra o seu fechamento, muito deles, emocionados e  triste por ver as portas se fecharem, e com elas,  mais de década dedicado ao trabalho de fiação de tecidos, amizades que foram construídas ali dentro e que mais tarde, teriam destinos incertos.

A partir do momento em que visitava e conhecia cada setor da fase de produção e confecções dos tecidos, funcionários mais antigos da fábrica que nos acompanhavam, relatava com tristeza a quantidades de pessoas que já trabalharam naquele setor, “alguns deles, já não estão mais junto de nós, partiram para junto de Deus,” comentava um dos funcionários.

A localização privilegiada da antiga Ferreira Guimarães em um dos bairros nobre de Barbacena, o bairro São José, ocupava uma área bem extensa, tendo área total de 55.483,00 m2, sendo 35.754,15 m2 de área livre e 19.732,33m2 de área construída.

Encerrando em definitivo suas atividades industriais no ano de 2013, atualmente, o local onde grande parte da fábrica existia foi demolida, mantendo apenas, a fachada principal, a chaminé e uma outra construção, o setor de produção foram todos ao chão,  no local, está sendo construído um condomínio de alto padrão residencial.

Façam uma pequena viagem virtual as instalações da antiga Cia. Têxtil Ferreira Guimarães, dias antes do encerramento de duas atividades em Barbacena.

Fotografia: Januário Basílio