Net Rosas Banner Grande
Unimed Banner Grande
BQHost Banner Grande
Barbacena Shopping

Projeto “De Olho no Duto” leva arte do palhaço e do circo para comunidades

 

Com ações no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo o projeto De Olho no Duto – investimento social da TRANSPETRO – almeja atingir mais de 150 mil pessoas em dois anos, levando arte para comunidades

 

Em março, os artistas circenses do projeto De Olho do Duto – representados em Minas Gerais pela Associação Pano de Roda – realizam ações culturais e de cidadania em comunidades de Chapéu D’uvas, em Juiz de Fora, Glória e Santo Antônio, em Santos Dumont, e Pedra do Sino, em Carandaí. O projeto é desenvolvido por meio de uma parceria entre a Transpetro e o Instituto Cultural Escola Livre de Palhaços – ESLIPA.

O objetivo do projeto é realizar um dia de ações gratuitas e para todas as idades sensibilizando a população para a realização de ações que contribuam para a melhoria das condições de vida e um grande reforço no âmbito do relacionamento comunitário. Tudo isso, utilizando a linguagem do palhaço para se aproximar das pessoas de forma sensível, leve e divertida. Com cortejos, oficinas circenses, espetáculos e rodas de conversa, os artistas realizam uma interação lúdica promovendo o acesso à cultura, o fortalecimento dos vínculos com/entre a comunidade, detectando possíveis agentes culturais que possam multiplicar essas ações.

De Olho no Duto é um projeto do Instituto ESLIPA que percorrerá quatro estados brasileiros: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo e que tem como foco principal oferecer aos moradores das comunidades e as populações vizinhas às instalações dos dutos da TRANSPETRO, uma série de atividades culturais. No total, o projeto envolve 30 palhaços de seis companhias profissionais de teatro de rua e circo: Grupo Off-Sina e Cia. Chirulico (RJ), Circo do Asfalto e Pequena Trupe de Circo (SP), Associação Pano de Roda (MG) e Circo Teatro Capixaba (ES). As visitas acontecerão durante um período de dois anos, envolvendo mais de 600 atividades artísticas, contemplando 101 comunidades.

Segundo Lilian Moraes e Richard Riguetti, responsáveis pelo Instituto ESLIPA: “O projeto visa a promoção dos direitos humanos e da cidadania, a inclusão social, o respeito a diversidade humana e cultural das comunidades impactadas pela TRANSPETRO. Todas as atividades do projeto serão realizadas em espaços públicos abertos, com o compromisso de promover o diálogo permanente entre os artistas e a comunidade, para identificar, potencializar e valorizar as iniciativas artísticas e culturais de cada região”.

Associação Pano de Roda representa o projeto em Minas Gerais

A Associação Pano de Roda dedica-se à capacitação, ao intercâmbio e à fruição artística na área de artes cênicas (teatro e circo), com foco nas linguagens da arte de palhaços, do teatro de rua e do teatro em espaços alternativos, além do estímulo à formação de grupos de estudos e redes comunitárias de cultura. Para isso, a associação promove projetos culturais, ações em rede, processos criativos, encontros reflexivos, espetáculos e experimentações cênicas. Todas as atividades são formuladas e desenvolvidas a partir dos princípios da colaboração, da dedicação artística e da busca pela justiça social. Criada em 2003, a associação tem trabalhado de forma continuada em cidades do interior de Minas Gerais e, eventualmente, em Belo Horizonte, outros estados e países. A partir de uma metodologia de criação e gestão colaborativas, dialoga com artistas e grupos cênicos, setores públicos e privados, comunidades e público.

Programação De Olho no Duto em Minas Gerais – Março – 2018

15 de março – Comunidade Chapéu D’uvas – Juiz de Fora – Trailler do Beção: cortejos, apresentação e oficina

16 de março – Comunidade Chapéu D’uvas – Juiz de Fora – Escola Municipal Almerinda de Oliveira Tavares: oficina

17 de março – Comunidade Glória – Santos Dumont – Escola Estadual Cornélia Ferreira Ladeira: cortejo, oficina e roda de conversas

18 de março – Comunidade Santo Antônio – Santos Dumont – Colégio Municipal Santo Antônio: cortejo, oficina e roda de conversas

19 de março – Comunidade Pedra do Sino – Santos Dumont – Escola Est. Pref. Gentil P. Lima: cortejo, oficina e roda de conversas

Horários: de 9h30 às 19h30

Para saber mais detalhes sobre a programação do projeto “De olho no Duto” acesse: www.facebook.com/eslipa e www.facebook.com/projetodeolhonodutomg

Texto: Cristina França

BQHost Banner Grande 2
Barbacena Shopping