Net Rosas Banner Grande
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Após restauração, igreja será entregue à comunidade em Congonhas

Localizada no distrito do Alto Maranhão, zona rural do município de Congonhas, a Igreja Nossa Senhora da Ajuda será entregue à comunidade na próxima terça-feira (06), após passar por restauração realizada pela Prefeitura, em parceria com o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA/MG).

A cerimônia de entrega das obras de restauração do templo religioso terá início às 19h, com celebração eucarísticas, seguida de levantamento do mastro, e às 20h acontece a cerimônia oficial.

 

Restauração

Em processo de degradação muito avançado, inclusive com problemas estruturais, a Igreja de Nossa Senhora da Ajuda corria risco de desabamento, e a Prefeitura de Congonhas na época não disponibilizava de recursos para a restauração.

Uma das primeiras ações realizadas para conter o avanço de degradação do templo religioso foi cuidar da consolidação das paredes e a troca de toda a madeira do telhado. Em seguida, foram recuperados os 25 quadros do teto da capela mor, os altares principal, laterais e colaterais, e criado o sistema de drenagem em torno da igreja. Depois foram trocados o sistema elétrico, como o piso de alvenaria pelo de madeira, instalado para-raio e realizada a pintura de toda a Igreja, sendo que em 2018 foi realizada a manutenção na pintura interna. E recentemente aconteceu a etapa de Instalação do Sistema de Combate a Incêndio e Pânico, que tornará a edificação a primeira da região a possuir reservatório de água e hidrante.

 

Origem

Segundo a professora e historiadora Maria da Paz, manuscritos do escrivão Joaquim Batista Pinto, datados de 1931, informam sobre a lenda dos irmãos João da Silva Redondo e José da Silva Redondo, que já moravam na região no início do século 18, procurando por fontes de água para o plantio de cana-de-açúcar e café. Enquanto buscavam, os irmãos portugueses pediam a interseção de Nossa Senhora da Ajuda, já que trouxeram de Portugal a fé na Santa.

Quando encontraram a mina d’água, ao seu lado estava a imagem da hoje padroeira do distrito do Alto Maranhão. Dai em diante, começou-se a devoção na localidade e a peregrinação até o local da fonte.

Ainda de acordo com relato do escrivão, os irmãos Redondo colocaram essa imagem em determinado local para construir uma capelinha, mas, para o espanto deles, a cada dia, esta se encontrava em um ponto diferente. Até que construíram a capelinha no terreno que fica próximo ao coreto, mas no sentido da saída para a sede do município de Congonhas. Esta imagem já não mais existe.

A historiadora, que é do Alto Maranhão, conta ainda ter registros de três milagres ocorridos na fonte. Os outros dizem respeito à cura de pessoas, também registrada pelo escrivão. Uma delas, ao passar pela fonte, se lembrou dos relatos sobre o poder milagroso de sua água que já havia corrido a região e se banhou, alcançando a cura de problemas nos olhos.

Há anos a historiadora luta por uma maior valorização da Festa de Nossa Senhora da Ajuda, que considera possível se transformar em Jubileu. “Aqui tem Igreja, que ficou muito bonita, tem a fonte que deu origem a essa devoção, as ruínas da cadeia e do Sobrado do Capitão Moreira, sendo estas duas últimas parte da história do Brasil”, cita.

Fonte: Prefeitura de Congonhas.

Leia também:

CONGONHAS, NO ALTO PARAOPEBA, É INCLUÍDA NO MAPA DO TURISMO BRASILEIRO