Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Arma é apreendida durante confusão envolvendo mulheres no Ipanema

Duas mulheres foram detidas na última quarta-feira (20) em Barbacena, por agressão em via pública e suposta ameaça de morte no bairro Ipanema.

Policiais militares foram acionados via COPOM, onde, segundo informações, estaria ocorrendo uma briga generalizadas entre duas mulheres em via publica, sendo que uma das envolvidas, de 54 anos, teria sofrido ameaça de morte pela acusada (29) a qual estaria de posse de uma arma de fogo.

No local, os militares conseguiram conter as agressoras, sendo procedida a abordagem. Uma das envolvidas (54 anos) relatou que a autora (29 anos)  após ameaça-la, guardou a arma em uma gaveta de uma criado mudo localizado em um dos quartos da casa. Foi realizado busca no local, sendo arma localizada dentro da gaveta de um criado mudo enrolada em uma flanela, tratando ser um revólver calibre 38, com 06 munições do mesmo calibre. Questionada sobre o que teria motivado a briga, a vítima relatou que trabalha na  residência como empregada do doméstica, e que se encontrava na cozinha quando houve um desentendimento com a autora, a qual, segundo ela, possui um relacionamento amoroso com seu patrão (79 anos), tendo iniciado a partir deste momento a confusão verbal e posteriormente para agressão física, tendo a autora lhe agredindo com  tapas e chutes, e a puxar seu cabelo. Para se defender, a vítima revidou, gerando a confusão.

A agressora (29 anos) confirmou ser amásia do proprietário do imóvel onde ocorreu a confusão. e que o motivo da briga teria ocorrido a partir do momento que a vítima foi dispensada de seus serviços por seu patrão, gerando a confusão entre elas. Disse também não ter realizado ameaça empunhando uma arma.

As envolvidas foram levadas para a delegacia para prestar maiores esclarecimentos a cerca dos fatos a autoridade policial competente.

O proprietário do imóvel declarou apenas que presenciou a hora em que suas funcionárias estavam brigando, e que tentou separa-las, não obtendo êxito. Disse ainda, não ter viso nenhuma das envolvidas empunhando arma. Quanto a arma de fogo, ele confirmou ser de sua propriedade e apresentou um certificado de registro do revólver, porém, o mesmo havia vencido em desde 20 de novembro de 2012. Devido aos fatos, ele foi conduzido até a presença da autoridade policial e a arma apreendida.

Foto: Enviada via WhatsApp.

Veja também:

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE ABUSAR SEXUALMENTE DA ENTEADA EM SJDR