Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Barbacena inicia 1ª etapa da Campanha  Nacional de Vacinação contra gripe

Barbacena inicia nesta segunda-feira (12) a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, o vírus da gripe. A  primeira etapa da vacinação acontece,  até o dia 10 de maio, nas Unidades Básicas de Saúde da zona urbana e rural do município.

Nessa primeira etapa serão vacinadas crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, púerperas, povos indígenas e trabalhadores de saúde. A vacinação as pessoas acamadas e domiciliadas ocorrerá em domicílio.

Segundo a Prefeitura, é necessário apresentar o cartão de vacina das crianças. Para as puérpereas, é obrigatório a apresentação de documento que comprove o puerpério (certidão de nascimento, cartão da gestante, documento do hospital onde ocorreu o parto, entre outros) durante o período de vacinação.

Todos os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade com comprovação do vínculo em Estabelecimento de Saúde.

 

A Influenza

Também conhecida como gripe, a Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. Se não for tratada a tempo, pode causar complicações graves e levar à morte, principalmente nos grupos de alto risco.

Assim como no caso da Covid-19, a transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir e espirrar. Também se dá pelas mãos, que, após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções respiratórias, podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz. Os sinais e sintomas da doença são muito variáveis, podendo ocorrer desde a infecção assintomática, até formas graves.

 

Importância da vacinação

O Ministério informou que a imunização contra a gripe é extremamente importante para a proteção dos grupos mais vulneráveis às complicações e óbitos decorrentes da doença, por isso deve ser mantida apesar de todos os desafios frente à circulação do novo coronavírus.

Segundo a pasta, a imunização contra a gripe vai prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde, além de reduzir os sintomas que podem ser confundidos com os da Covid-19.

Fonte: G1 Zona da Mata/foto (arquivo): PMB.

Leia também:

FISCAIS DA VIGILÂNCIA SANITÁRIA DA MACRO CENTRO-SUL PARTICIPAM TREINAMENTOS