Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Escola Estadual Professor Soares Ferreira, "Colégio Estadual'.

História da Escola Estadual “Professor Soares Ferreira”

A Escola Estadual “Professor Soares Ferreira” foi criada em 1890, com o nome de Gymnásio Mineiro, tendo por modelo o Ginásio Nacional, hoje Dom Pedro II, no Rio de Janeiro.
A criação do estabelecimento se deu em 1º de dezembro de 1890, pelo Decreto Estadual nº 260, assinado pelo então governador, Dr. Crispim Jacques Bias Fortes. Seu objetivo era preparar a mocidade para a matrícula em academias e cursos superiores da República.
A escolha de Barbacena para a sede do internato ocorreu devido, à oferta do prédio, mobília e terrenos anexados pela Sociedade Mineira, com a cláusula de se fundar e manter aqui uma casa de ensino. Entre os diretores responsáveis por esse ato, destacamos: Visconde de Carandaí (Belizário Augusto de Oliveira), Dr. Antônio Carlos Ribeiro de Andrada, Dr. Artur Carneiro de Machado, Dr. Virgílio Martins de Melo Franco e o Major Francisco de Paula Vaz.
Dr. Virgílio tornou-se o primeiro reitor do Gymnásio Mineiro instalado no prédio onde, anteriormente funcionara o Colégio Providência e o Colégio Abílio do Barão de Macaúbas, atual Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr).
Em novembro de 1903, criou-se um Curso Primário anexo ao internato e a partir de setembro de 1910, manteve-se um externato, mas só para filhos de famílias residentes em Barbacena.
Em janeiro de 1938, Decreto-Lei nº 64 suprime o internato, continuando o externato até 17de março de 1943, quando o Decreto-Lei nº11941, do presidente da República, Dr. Getúlio Vargas, autoriza o funcionamento do Gymnásio Mineiro, como Colégio Estadual de Barbacena.
Em 14 de fevereiro de 1949, suas dependências foram cedidas ao Governo Federal para a instalação da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAr). O Colégio passa, então, a atender na Praça Conde de Prados, nº 64, por gentileza do Sr. Chaquib Itar Sad, proprietário do prédio (hoje demolido).
Em, 1959, na administração do governador José Francisco Bias Fortes, foi construído e inaugurado o edifício da Rua Baronesa Maria Rosa, nº 130, onde funciona a escola até os  nossos dias atuais.  O projeto foi do engenheiro Dr. Rafael Hardy Filho e a construção, do engenheiro Dr. Alberto Bouchardet Filho.

Em novembro de 1959, pela Lei Estadual nº 1995, recebe a denominação de Colégio Estadual Professor Soares Ferreira, primeiro grande escritor do município de Barbacena.
Pela Resolução 810/74, publicada no Minas Gerais de 6 de julho de 1974, o Colégio passou à denominação de Escola Estadual Professor Soares Ferreira, de 1º e 2º graus, assim conhecida até hoje, carinhosamente chamada por seus alunos e ex-alunos de “Estadual”.
Fotografia: Januário Basílio