Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

O jogo de xadrez tem sido utilizado por muitos professores de várias escolas do país como  forma de estimular  o desenvolvimento de habilidades que colaboram no aprendizado dos alunos. Estudos comprovam a importância deste jogo que estimula o raciocínio lógico, a capacidade de resolver problemas, ajuda a controlar a impulsividade, melhora o rendimento escolar  dos alunos que passaram a exercitar o xadrez.

Em Barbacena, a professora  Eliane Batista Ferreira Martin,  promove esta metodologia  como importante passo  no desenvolvimento  do aprendizado dos  alunos  que passaram  a obter melhoras bastante significativas  no desempenho  escolar, tanto na parte de  comportamento com outros alunos, bem como, na facilidade do aprendizado  disciplinar melhorando  os resultados nas avaliações.

Há cerca de onze anos, a professora  Eliane Batista, realiza este trabalho com alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais -APAE,  onde alunos de idades  diferenciadas participam das atividades  em grupos  nas salas de aulas da Associação, inclusive, os mesmo integram  competições do xadrez promovido pela APAE  sobre a coordenação da professora Eliane, tendo a participações de alunos de outras escolas da rede pública e particular de ensino cidade.

A notoriedade do trabalho realizado por ela tem ganhado projeção  e respeito em escolas de Barbacena.  Tanto que, em março deste ano, ela foi convidada  pela  coordenadora  das  Salas de  Recursos  Multifuncionais da Secretaria Municipal de Educação, Vanuza Dezolt,  para desenvolver  o projeto na Escola  Municipal  José  Felipe Sad.

Na escola, ela trabalha apenas  com a parte lúdica, portanto, não utiliza cadernos e tão menos, da aula de reforços para os alunos , que são direcionados até ela,  depois de ser detectado algum tipo de dificuldade apresentada pelos alunos em  avaliações  realizada por outros professores da escolas  e de passar  por  profissionais  como;  fonoaudiólogo, psicólogos  e da supervisão de conselheiros tutelares de comum consentimento  dos familiares  dos alunos.

Eliane faz questão em ressaltar todo o apoio irrestrito da coordenadora Vanuza Dezolt, com  extrema importância  para lograr  êxito  em  que tem se revelado  os rendimentos dos alunos na escola.  O Vertentes das Gerais esteve   acompanhando de perto  um pouco do dia a dia da professora  Eliane  na aplicação das atividades com os alunos.  De fato, eles mantém um grande respeito pela professora, tanto  na parte comportamental, bem como, no disciplinar das atividades que lhe são propostas.  Percebe-se  a alegria e motivação dos mesmos pelos jogos, que além do xadrez,  são inseridos  o “caça palavras’, jogo de pega varetas, dominó  dentre outros..

Para a Diretora da Escola José Felipe Sad, Flávia  Miranda, “ o projeto foi muito importante para a escola, venho percebendo  que os alunos estão gostando das atividades desenvolvidas pela professora Eliane.  É notório  as mudanças percebidas no comportamento e no comprometimentos dos alunos depois que eles passaram pela aulas lúdicas oferecidas  pela  Eliane.  Não tem como dizer que eles de fato não apresentaram melhoras  disciplinar na Escola, os resultados  estão  presentes com  o aumento de notas  nas avaliações  das diversas matérias que  fazem parte da grande  curricular dos alunos.  E o mais gratificante de tudo isso, é ver que eles estão felizes e gostam de participar das atividades, “ comentou Flávia.

“ Eu acredito plenamente  que o xadrez de um modo geral, faz toda a diferença na vida das crianças, principalmente,  na área comportamental. Eu não preciso de ficar  chamando a atenção deles a todo hora, e um dos pilares do meu projeto é o respeito  ao livre-arbítrio dos alunos, assim, eles não se sentem pressionados a desenvolver as atividades, fazem por que sentiram bem e se interessaram de verdades pelos  jogos,  tanto  que ,raramente eles faltam a essas aulas, uma vez que os alunos já estudam no período da manhã e retornam na parte da tarde para esta oportunidade  somente para  as atividades lúdicas em que não são utilizados cadernos, lápis ou borracha, ou mesmo, se quer, tocamos em assuntos que os  relacionam com  as matérias ou temas  abordados em  aulas  que eles participaram no período da manhã.  Eu vejo a evolução  a cada dia na vida dessas crianças após a inserção do xadrez  nas aulas lúdicas. Tudo isso é muito gratificante pra mim,” finalizou emocionada  Eliane.

Texto e fotos: Januário Basílio