Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Governador Fernando Pimentel e o Comandante da EPCAr-Coronel Aviador José Aguinaldo de Moura.

O governador Fernando Pimentel presidiu, nesta terça-feira (8/11), na Fazenda Cabangu, no município de Santos Dumont, Território Mata, a solenidade de entrega da Medalha Santos Dumont. A comenda é concedida pelo Governo de Minas Gerais e, neste ano, foram agraciadas 111 personalidades e uma entidade. O próprio governador foi orador da cerimônia.

Pimentel destacou que o espírito inovador de Santos Dumont deve ser usado como inspiração pelos cidadãos e pelo país para vencer esta “fase difícil na vida brasileira”. “Temos problemas graves na política e na economia, que repercutem diretamente na vida de cada brasileiro e de cada brasileira. E a superação desses problemas requer muito trabalho, empenho e sacrifício. Pois foi com trabalho, com determinação e com muito empenho que Santos Dumont venceu o desafio, aparentemente intransponível, de colocar em voo a primeira aeronave mais pesada que o ar. Ele não se deixou abater pelas críticas, pelos insucessos temporários, nem pelas pedras no caminho. Este é o exemplo que temos de seguir”, apontou.

Homenagem
A medalha foi criada em 1956 para comemorar os 50 anos do primeiro voo do brasileiro Alberto Santos Dumont em uma aeronave mais pesada que o ar, o 14-Bis, em outubro de 1906, em Paris (França). É concedida em quatro graus: Grande Colar, Ouro, Prata e Bronze. A Fazenda Cabangu, local da cerimônia, é o lugar onde nasceu o inventor do avião e guarda um preciso acervo de Santos Dumont, entre réplicas de aviões e objetos do inventor.
O prefeito de Santos Dumont, Carlos Alberto Ramos de Faria, ressaltou a importância de reverenciar a memória do inventor. “Em tempos em que nossos valores de nação e de orgulho à pátria andam carecidos de brio e expressividade contemporânea, renomear Alberto Santos Dumont, sem dúvida, é inspirador. Foi nesta fazenda – e hoje museu – Cabangu, o local onde há 143 anos nasceu o brasileiro cuja fantástica capacidade criativa mudou a forma de locomoção em grandes distâncias com sua genialidade e criatividade”.

Santos Dumont
Nascido em 20 de julho de 1873, Alberto Santos Dumont era o sexto filho de Francisca Santos e do engenheiro Henrique Dumont. Em 1892, foi estudar na França. Em 1906, realizou o voo do 14-Bis, um pequeno avião de alumínio, bambu e seda japonesa. O voo, considerado o primeiro feito com um aparelho mais pesado que o ar, foi registrado pela Federação Aeronáutica Internacional. Recebeu vários prêmios, inclusive do Aeroclube da França.
Em 1932, com a saúde debilitada, Santos Dumont foi levado pela família para uma estação de repouso no Guarujá, no litoral de São Paulo, aos 59 anos.

Fonte: Agência Minas

 

Fotos/Crédito: Manoel Marques/Carlos Alberto/Imprensa MG