Net Rosas Banner Grande
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Governo de Minas prorroga validade de concurso para professores  por dois anos

Decisão amplia prazo para que profissionais aprovados em seleção do Edital 7/2017 possam ser convocados

O Governo de Minas decidiu prorrogar por mais dois anos a validade do concurso público para professores e especialistas em educação básica, publicado no Edital nº 7, de 2017, da Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG). Na ocasião, 38.126 candidatos foram aprovados para vagas de professores regentes de aulas, de disciplinas que compõem o currículo básico dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio, e para vagas de especialistas em educação.

Com isso, os profissionais aprovados no concurso que ainda não foram convocados para ocupar vagas da SEE/MG ainda têm chance de ser chamados para compor o quadro da rede estadual de Educação pelos próximos dois anos.

Segundo o secretário de Governo, Igor Eto, a medida busca evitar que a seleção, realizada em 2018, perca a validade. “O governador determinou a prorrogação do prazo para que os profissionais aprovados e classificados no concurso não sejam prejudicados”, frisa. A proposta foi autorizada pelo Comitê de Orçamento e Finanças do Estado de Minas Gerais (Cofin) na última terça-feira (23/6) e deve ser publicada no Diário Oficial ainda esta semana.

O edital prorrogado compreende todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino do Estado e selecionou especialistas e professores de Artes, Biologia/Ciências, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa, Matemática, Química e Sociologia.

A secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, destaca que o aumento do prazo contribui para incrementar e valorizar a qualidade da Educação em Minas. “Nesse cenário de pandemia, a secretaria entende que é de extrema importância essa medida que garante o trabalho desses profissionais que foram selecionados por concurso e que já vinham sendo chamados”, afirma.

 

Nomeações

Com a extensão do prazo, o Governo garante a continuidade da política de nomeação de servidores que vinha sendo adotada. O cronograma pactuado entre a SEE/MG e a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) era de convocar 8 mil novos profissionais até julho, mas precisou ser interrompido devido à pandemia de covid-19.

Até o momento, o Estado já nomeou mais de 3,9 mil novos servidores efetivos, desde o início desta gestão. No ano passado, foram publicados três lotes de nomeações. Em março deste ano, outros mil profissionais aprovados no concurso 7/2017 foram chamados. Mas, em decorrência do coronavírus, a contagem do prazo para que essas pessoas tomassem posse foi suspensa.

Fonte: Agência Minas.

Leia também:

BARBACENA APRESENTA ALTO PERCENTUAL DE CURADOS DO NOVO CORONAVÍRUS