Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Justiça de MG determina bloqueio de R$ 1 bilhão da Vale após desastre em Brumadinho

Decisão liminar atende a pedido do governo mineiro para ajuda às vítimas e redução de danos. Rompimento de barragem matou pelo menos 9 pessoas e deixou até 350 desaparecidos.

A Justiça de Minas Gerais determinou no fim da noite de sexta-feira (25) o bloqueio de R$ 1 bilhão em contas da Vale, após o rompimento da barragem da mineradora em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte.

O acidente foi no início da tarde desta sexta. Até o início da madrugada deste sábado (26), havia 9 mortes confirmadas pelos bombeiros, até 350 desaparecidos e 189 pessoas resgatadas. Estradas estão parcialmente bloqueadas, vários animais foram localizados em meio a lama da barragem. Ainda não foi possível contabilizar a dimensão exata dos danos tanto em termos ambientais bem como humano, causados pelo rompimento.

Segundo decisão liminar do juiz Renan Chaves Carreira Machado, o bloqueio atende a um pedido do governo do estado de MG para “imediato e efetivo amparo às vítimas e redução das consequências” do desastre.

O valor bloqueado deve ser transferido para uma conta judicial. Entre outras medidas, a mineradora também fica obrigada a apresentar um relatório sobre as medidas já tomadas de ajuda às vítimas em até 48 horas.

Na sentença, o juiz determina ainda:

-que a mineradora cumpra protocolo para desastres, para estancar os vazamento da barragem em até 5 dias;

– que dê início à remoção do volume de lama lançado pelo rompimento da barragem

-que realize mapeamento para elaborar um plano de recomposição da área afetada

-que adote medidas para evitar a contaminação de nascentes

-que controle, imediatamente, a proliferação de pragas e vetores de doenças

Fonte: G1 Minas Gerais/TV Globo/Foto: Reprodução TV  Record.