Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Macrorregião Centro-Sul avança para a onda amarela do Minas Consciente

Durante reunião do Comitê Extraordinário Covid-19 realizada nesta quarta-feira (10), ficou aprovado o avanço da macrorregião Centro-Sul  para a onda amarela do Minas Consciente, plano criado do pelo Governo de Minas que prevê a retomada gradual e segura das atividades econômicas no Estado em decorrência da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Além da macrorregião Centro-Sul, o Comitê também aprovou o avanço das macrorregiões  Leste e Vale do Aço para a onda amarela. Nenhuma das microrregiões se encontra atualmente na onda verde, a mais flexível do plano.

Integram a macrorregião Centro-Sul,  os municípios que compõem as microrregiões de Saúde de Barbacena, Congonhas, Conselheiro Lafaiete e São João del Rei.

mapa-do-minas-consciente-por-onda

As macrorregiões Centro, que engloba a Região Metropolitana de Belo Horizonte, e Triângulo do Sul regrediram para onda vermelha do plano após apresentarem piora nos indicadores utilizados para medir a evolução da pandemia da covid-19 no estado. Ambas devem seguir, a partir do próximo sábado (13/2), as recomendações da onda vermelha. a mais restritiva do plano.

Já as regiões Centro-Sul, Leste e Vale do Aço poderão avançar para a onda amarela. Nenhuma das microrregiões se encontra atualmente na onda verde, a mais flexível do plano do Governo de Minas para a retomada da economia de forma gradual e segura.

ondas-do-minas-consciente

Nesta terceira fase do Minas Consciente, todas as atividades econômicas estão permitidas em todas as ondas, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas. Com a nova versão, o comércio e os eventos, por exemplo, serão liberados mesmo que a cidade esteja na onda vermelha, mas terão que seguir algumas regras, pensando na saúde, no distanciamento e evitando qualquer risco acentuado para a sociedade.

Na última semana, o número de casos e óbitos subiu 5,3% e 6%, respectivamente, no estado. O governador Romeu Zema lembrou que a pandemia está em um momento crítico e que é preciso manter todos os cuidados para conter o avanço da doença. “A situação do estado continua crítica, com muitos casos e muitos óbitos. Tivemos duas regiões com regressão nesta semana. Precisamos manter o uso de máscara, o distanciamento e as medidas de higienização. Isso tem ajudado a salvar vidas e precisamos continuar até que o processo de vacinação avance nos próximos meses”, disse.

Foto (arquivo): Januário Basílio.

Leia também:

GOVERNO DE MINAS ALERTA SOBRE GOLPES NA VACINAÇÃO CONTRA O CORONAVÍRUS