Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

MG investiga possíveis aplicações de doses trocadas de vacinas na região

A suspeita é de que diversas pessoas se vacinaram com imunizantes diferentes em Barbacena, Ervália, Olaria, Espera Feliz, Juiz de Fora e Ubá.

Nos primeiros quatro meses de campanha da vacinação contra a Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) recebeu 68 ocorrências de pessoas que podem ter sido vacinadas com duas doses de imunizantes diferentes. Na Zona da Mata e Campo das Vertentes, as notificações foram registradas em Barbacena (1), Ervália (1), Olaria (1), Espera Feliz (1), Juiz de Fora (1) e Ubá (1).

A reportagem tentou contato por telefone ou por e-mail com as prefeituras dos municípios citados anteriormente para saber se as mesmas gostariam de se manifestar sobre o assunto, mas somente a Administração de Juiz de Fora e Barbacena responderam até a última atualização desta matéria. Veja abaixo as notas na íntegra.

Em nota, a SES-MG informou ainda que acompanha os referidos casos e mantém a investigação de outros possíveis que possam ter ocorrido em Minas Gerais.

Ainda conforme a pasta, segundo o Plano Nacional de Imunização (PNI), os casos de pessoas vacinadas de maneira inadvertida com duas vacinas de fabricantes diferentes deverão ser notificados como erro de imunização no e-SUS Notifica.

“Todos os casos devem ser acompanhados por um médico para avaliação individual com relação ao eventual desenvolvimento de eventos adversos. Neste momento, não se recomenda a Administração de doses adicionais de vacinas contra a Covid-19”, finalizou a nota.

 

Notas

Prefeitura de Juiz de Fora

“O setor de Imunização da Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde tomou conhecimento do ocorrido, realizou a investigação do fato e notificará ao e-SUS VE como erro de Imunização. A unidade foi advertida e o usuário orientado”.

Barbacena

“A Secretaria Municipal de Saúde (Sesap), esclarece que, em relação à notícia veiculada sobre possíveis aplicações de doses trocadas da vacina contra à Covid-19, não recebeu nenhuma notificação oficial que confirmasse o fato. É importante ressaltar que é feito um rígido controle da vacinação, com processos de triagem de documentos e dados pelos profissionais de enfermagem que atuam nos dias de vacinação, antes da aplicação da vacina. Ainda assim a Sesap vai apurar rigorosamente a veracidade da informação”.

Fonte: G1 Zona da Mata/foto: Estadão.

Leia também:

PROFISSIONAIS DE SAÚDE RECEBEM 2ª DOSE DA CORONAVAC NA PRÓXIMA QUINTA