Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Noivos contam com a cumplicidade para fazer ideia funcionar (Foto: Reprodução/TV Integração)

Quem é casado sabe, mais do que ninguém, o quanto um casamento custa caro. E esta realidade não é diferente para os noivos Gabriela Rodrigues e Alessandro Resende, de Uberaba, que estão com o casório marcado para março de 2017. Para realizar o sonho, eles arrumaram um jeito doce de arrecadar fundos: vendem beijinhos e brigadeiros em um semáforo, no cruzamento da Rua Major Eustáquio com a Avenida Leopoldino de Oliveira, no Centro da cidade.

A ideia veio depois que Gabi e Alê, como são conhecidos, perceberam o quanto o custo é alto para casar, mesmo sem fazer festa. “A gente estava sem renda para casar, mas já tínhamos a data estipulada para o casamento. O Alessandro já mexia com doces, só que maiores. Então resolvemos vender a unidade no semáforo, já que nós dois estávamos desempregados”, contou Gabriela.

Eles poderiam até deixar para depois, afinal, ainda são novos: Gabriela tem 20 anos e o Alessandro, 25. Mas a paixão falou mais alto e eles resolveram correr atrás do sonho. “Ficamos meio assim, né? Mas sempre fomos de atitude; então como combinamos muito neste sentido, tomamos coragem de ir ao sinal e está dando resultado”, comentou o noivo.

A disposição dos noivos tem cativado muita gente. Quase todo mundo que passa pelo semáforo, no Centro, acaba comprando pelo menos um docinho. Todos os dias eles levam 450 unidades para vender e voltam para casa com a bandeja vazia.

“Muita gente ainda brinca, perguntando se vamos nos casar mesmo. Tem muita brincadeira, mas nós levamos na esportiva. Muitos acham a ideia criativa e até falam que vão colocar os companheiros para fazerem o mesmo”, afirmou a noiva.

E todo o amor demonstrado publicamente não só no semáforo, mas em uma página no Facebook, conquistou a simpatia de muitos que aderiram à causa. Tanto, que eles já ganharam de presente o terno e o vestido de noiva. E, aos poucos estão chegando mais. Só que os noivos sabem que ainda vem muita despesa pela frente. Por isso, continuam no semáforo, fortalecendo o cofrinho e os laços de amor.

“Nenhuma vitória é sem luta. Então, a maior lição que estamos tendo é que, para se ter alguma coisa e ser alguém, a gente precisa suar muito. Vencer obstáculos e críticas. Mas aí percebemos que o amor só aumenta, mesmo no semáforo”, ressaltou Gabriela.

“Cada vez mais nos identificamos e aprendemos mais um com o outro. E é sempre bom trabalhar em equipe; e a minha maior equipe é a minha futura esposa”, enalteceu Alessandro.

Fonte- G1 TV Integração