Net Rosas Banner Grande
Unimed Banner Grande
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Policial militar conta como resgatou feridos após cratera se abrir na MG-133

Uma mulher morreu no acidente e seis pessoas ficaram feridas.

“Poderia ser eu, minha esposa e meu filho”, contou ao G1 o cabo Adalberto Silva dos Santos. O policial militar resgatou dois feridos após uma cratera se abrir na MG-133, na madrugada desta quarta-feira (29), em Tabuleiro, na Região da Zona da Mata.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o asfalto cedeu após fortes chuvas terem caído próximo ao trecho e engoliu um caminhão, uma carreta e dois carros de passeio.

Na ocasião, Suziane Oliveira Neves, de 36 anos, morreu no acidente e outras seis pessoas ficaram feridas. Ela estava em um dos carros e foi encontrada no fim da manhã desta quarta-feira (29) já sem vida pelos bombeiros após horas de busca, há um quilômetro do local. De acordo com o esposo da vítima, Pedro Neto, chovia forte no momento do acidente. O casal seguia de Juiz de Fora para Ubá. Suziane Oliveira Neves, que não sabia nadar, foi arrastada pela correnteza e não conseguiu voltar.

Após o acidente, Pedro foi socorrido e encaminhado para o Hospital Doutor Geraldo Mozart Teixeira (HPS) em Juiz de Fora. Após avaliação, ele foi liberado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a pista abriu cerca de 15 metros em virtude de um alagamento na via por causa da chuva. A hipótese trabalhada pelos bombeiros é que um açude próximo ao local tenha se rompido e inundado a pista.

Em entrevista ao G1, o cabo Adalberto explicou como ocorreu o resgate. “A gente foi acionado pelo município de Tabuleiro, através de um chamado do 190. Chegando ao local, deparamos com os veículos. Também tinha o relato que um carro teria sido levado pela enchente. Acionamos o Samu e os bombeiros”.

No local, o militar se deparou com duas vítimas no teto da carreta, pedindo socorro. “Uma estava com medo de desmaiar. Pedi um pessoal para pegar uma corda e eles jogaram. Desci no local e agarrei no veículo e acalmei eles e falei acredita em Deus? A gente vai sair daqui”, contou.

“Amarrei a corda no caminhão e na pessoa que estava reclamando, para não perder ela. Fiquei segurando a outra. O soldado Conte desceu para me ajudar e arrumou uma maca. E conseguimos tirar as vítimas”.

Durante o resgate, o militar pensou na família. “Poderia ser eu, minha esposa e meu filho, de um ano. Pensei em tirar as pessoas. Na verdade nem pensei, só tentei e Deus me abençoou”, finalizou cabo Adalberto.

O tenente Júlio César Almeida, que participou do resgate, afirmou que o corpo foi encontrado em uma propriedade privada. “Com ajuda da aeronave, conseguimos achar o corpo dentro de uma fazenda, sob a vegetação. Foi um momento muito triste, esperávamos encontrá-la com vida”, lamentou.

 

Feridos

A PMR informou que no caminhão estavam três pessoas do sexo masculino; na carreta estava o condutor; no primeiro carro havia somente o motorista; e no último veículo estava a mulher e o marido. Todos caíram na cratera.

O Corpo de Bombeiros de Juiz de Fora foi acionado e levou as seis pessoas do sexo masculino com ferimentos para hospitais em Ubá, Rio Pomba e Juiz de Fora.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), na carreta, estavam dois homens, de 56 e 44 anos, e dois jovens 28 e 26 anos. E no caminhão, um jovem, de 28 anos.

O motorista da carreta, de 56 anos, e o passageiro, de 35 anos, tiveram ferimentos graves e foram encaminhados para o Hospital Santa Izabel, em Ubá.

Já os outros envolvidos tiveram ferimentos leves e foram levados para outros hospitais da região, entretanto já foram liberados.

Fonte: G1 Zona da Mata/TV Integração/fotos: Redes sociais e PMR.

Leia também:

CHUVA CAUSA QUEDA DE BARRANCOS E ALAGAMENTOS EM SANTOS DUMONT

BQHost Banner Grande 2