Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

TJMG apresenta projeto de construção de novo Fórum da Comarca de Barbacena

Na próxima segunda-feira (02/03), às 14 horas, o presidente Nelson Missias estará em Barbacena para anunciar, ao lado do diretor do foro, juiz Alexandre Verneque, o início das obras do novo prédio, que substituirá dois imóveis atualmente usados pela comarca do município.

A nova edificação da comarca de Barbacena deverá ser concluída em novembro de 2022. As obras devem começar logo após conclusão do processo licitatório, previsto para as próximas semanas. O novo prédio estará situado à Avenida Higino Teixeira de Carvalho, bairro Monsenhor Mário Quintão, e ocupará uma área construída de quase oito mil metros quadrados.

A nova sede da comarca terá seis pavimentos, dois elevadores, ar condicionado central e chuveiros automáticos contra incêndio, vagas para 121 veículos, 15 motocicletas e 16 bicicletas, e capacidade para abrigar até 13 varas. Atualmente, dois prédios da comarca abrigam nove varas, sendo três cíveis, três criminais, sucessão e fazenda e dois juizados especiais.

Na cidade há cinco anos, o diretor do Foro, juiz Alexandre Verneque Soares, relata que as instalações atuais chegaram a um limite extremo. Além das instalações antigas e ultrapassadas, o juiz lembra que o maior problema da comarca é a falta de espaço para abrigar tanto trabalho. “Atualmente ocupamos dois prédios. Um mais antigo, onde funciona o juizado especial, e o mais novo, inaugurado na década de 90, que abriga a justiça comum”, conta o magistrado.

Alexandre também lembra que o problema da falta de espaço é tão grande, que ainda são locados um imóvel para arquivo e uma sala para perícias médicas. “Com a construção do novo prédio, tudo estará funcionando em um mesmo local, sem a necessidade de novas locações”, comemora o magistrado. Atualmente, a comarca de Barbacena conta com mais de 37 mil processos ativos.

Fonte e foto: Assessoria de Comunicação Institucional – TJMG.

Leia também:

SAÚDE DE BARBACENA ESCLARECE QUANTO AO SUPOSTO CASO DE CORONAVÍRUS