Museu da Loucura é reaberto em Barbacena

No Dia Internacional dos Museus, diversas autoridades políticas marcaram presença  na tarde de quarta feira(18/05), nas dependências do CHPB  em  Barbacena  para  cerimônia de reabertura do Museu da Loucura.  Criado na primeira gestão do Prefeito Toninho Andrada (1993/1996), o Museu  passou  pela  última reforma  que teve início  em  junho de 2014, onde foram realizadas obras de readequação do espaço físico bem como, da ampliação do acervo. Instalado dentro do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena,  o prédio abriga acervo  em  documentos e objetos que remetem à luta antimanicomial e reforma psiquiátrica.  A data de  reabertura ao público   coincide também,  com o Dia de Luta Antimanicomial .

A cerimônia de reinauguração contou com a presença do secretário de Estado de Cultura, Angelo  Oswaldo, do presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais – FHEMIG, Jorge Nahas,  do prefeito de Barbacena Toninho Andrada, do vice Prefeito, Mário Raimundo de Melo, do secretário Chefe da Casa Civil de Barbacena, José Augusto Penna Naves,  do diretor do Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena, Wander Lopes da Silva,  do subsecretário de Cultura de Barbacena e artista gráfico, Edson Brandão, responsável técnico  do projeto de  montagem do Museu, e demais autoridades.  Criado em agosto de 1996, numa parceria entre a  Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais- Fhemig, o Centro Hospitalar Psiquiátrico de Barbacena – CHPB e a Prefeitura Municipal de Barbacena,  cerca de 131.156 pessoas já deixaram suas assinaturas no livro de registro de presença do Museu.