Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

As mudanças no mercado brasileiro devido à pandemia da Covid-19

As empresas que não estavam preparadas para as mudanças digitais, em 2020 foram obrigadas a se adaptar devido à pandemia. E aquelas que, mesmo assim, não renderam, ficaram para trás.

Com o Corona Vírus os consumidores tiveram que se isolar em casa, mudaram suas necessidades de compra, forma de consumo e duplicaram o tempo de uso da internet.

A mudança das empresas foi sair do ambiente físico, já que os clientes não estavam mais lá, e iniciar sua jornada online.

Todas essas mudanças de 2020 incidirão, com toda certeza, em 2021 e é sobre isso que falaremos neste post.

 

Quais as principais mudanças do mercado brasileiro em 2021?

Segundo o IBGE a cada 10 empresas, 4 fecharam as portas em 2020 tendo a pandemia como causa. As demais empresas conseguiram sobreviver adaptando seu negócio, principalmente, para a web.

Quem já tinha um site viu o seu negócio alavancar, e quem não tinha, deu logo um jeito de procurar saber o preço de um site e colocar em pratica tal criação.

Foram tantas mudanças e tão bruscas que com certeza 2020 será um ano difícil de esquecer, e mais que isso refletirá diretamente em 2021.

Confira, quais as mudanças para o mercado em 2021:

Crescimento pela busca sobre o valor de um site

Essa é uma tendência da pandemia que veio para ficar. Esse era um mercado que já estava em ascensão, e a covid-19 alavancou.

Como dissemos, com o isolamento social as pessoas passaram a ficar mais tempo na internet. Os consumidores conheceram a comodidade de adquirir um produto ou serviço através da internet e a facilidade de se comunicar com uma empresa digitalmente, e gostaram disso.

Diante disso as empresas tiveram que se adaptar para o mundo virtual, e o primeiro passo foi descobrir quanto custa um site.

O que foi ótimo para as empresas, porque, muitos empresários deixaram de estar no mundo virtual até então, porque acreditavam que para criar um site, precisa fazer um alto investimento.

Mas na realidade o preço de desenvolvimento de site é muito menor quando se comparado com os custos que as empresas tem em ambientes físicos. Então em 2021 com certeza vamos ter mais empresas entrando na internet.

 

Ativismo

O corona vírus mostrou, de forma ainda mais acentuadas, a desigualdade financeira, a delicadeza da nossa vida e dos negócios, o que trouxe bastante reflexão.

Os consumidores passaram a cobrar das marcas e influenciadores, posições sociais. Aqueles que não se posicionaram foram cancelados.

E em 2021, com certeza, isso será mantido. Os usuários não vão mais aceitar que empresas/marcas/pessoa ficam indiferentes diante dos problemas sociais.

Para as empresas 2021 será um ano de posicionamento e de projetos sociais. Para assim, tem mais engajamento com o seu publico.

 

Saúde

A fragilidade da vida que a pandemia nos fez conhecer, trouxe junto à preocupação com a nossa saúde.

Diante disso produto e serviços relacionados a atividades físicas e alimentação saudável, estão sendo muito consumidos. E sem dúvidas, tendem a movimentar o mercado em 2021.

 

Faça você mesmo

Com o isolamento social o DIY, ou faça você mesmo também teve alta. O Pinterest Predicts,que e uma previsão para o próximo ano, apontou que as buscas por desenhos para jateamento de vidros tiveram um aumento de 4x, e mais que isso, o termo noções básicas de crochê tiveram um aumento de 155%.

Então essa talvez seja à hora das empresas investirem na incentivarão de hobbies dos consumidores.

 

Conforto nas roupas

O conforto em roupas que a pandemia nos trouxe, devido ao isolamento social, fez com que nós, consumidores, quiséssemos continuar usando roupas confortáveis, mas para sair.

O mesmo estudo citado acima, feito pelo Pinterest Predicts mostrou que a pesquisa por cardigã casulo, aumentou 155% e por pantufas 90%.

Então o mercado de roupas aconchegantes e confortáveis, será tendência para 2021.

 

Forma de trabalhar

A pandemia também nos ensinou a trabalhar remotamente. Então as propostas de trabalho em 2021 poderão ser para o colaborador trabalhar de casa, às vezes um trabalho misto com uns dias na empresa outros em home Office.

O trabalho remoto é uma excelente opção para o trabalhador que possui filhos ou que mora com outras pessoas. Inclusive, no EUA, cerca de 30% das pessoas afirmam que, sairiam do trabalho, se fosse para voltar aos escritórios.

Para as empresas o home Office trás a vantagem da economia, habilitando a possibilidade de ter um espaço menor, e também trazer mais produtividade.

Enfim, a pandemia nos trouxe muitos problemas. Mas 2021 pode ser o ano da retomada, principalmente agora com a expectativa de vacinação, trazendo a esperança de a economia ser elevada.

Fonte: Divulgação.

Leia também:

MG ANUNCIA ESCALA DE PAGAMENTO DE MARÇO E DATA PARA QUITAÇÃO DO 13ª