Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Auditoras do TCE-MG conhecem projeto de enfrentamento à violência doméstica do 9º BPM

As auditoras de controle externo do TCE-MG,  Andressa Santos Seixas, Janaína de Andrade Evangelista e Lia Amanda Silva Menezes, estiveram na sede do 9º BPM, em Barbacena, para conhecer o projeto de enfrentamento à violência doméstica desenvolvido pela instituição militar.

Na oportunidade, também foram realizadas auditoria operacional com o objetivo de avaliar a efetividade das ações de enfrentamento à violência doméstica contra a mulher no Estado de Minas Gerais. Foram discutidos alinhamento das ações adotadas, protocolos de atendimento dispensados às vítimas de violência doméstica, índices de violência doméstica contra à mulher, produtividade, equipamentos e viaturas utilizados na atividade, capacitação dos policiais militares que atuam na atividade e necessidades de ampliação do serviço de prevenção na área de responsabilidade do 9º BPM que abrange 19 municípios.

A reunião com as auditoras visa uma provável expansão dos serviços, por se tratar de um dos objetos de atenção governamental. E devido ao importante trabalho desenvolvido no 9º BPM ser referência no combate à violência doméstica, Barbacena foi a primeira cidade visitada.

Ao final, as auditoras conheceu a sala da PPVD onde obtiveram contato com a organização do serviço, e também ao índices de violência doméstica contra a mulher;  como se dá o início dos casos através do sistema REDS;  documentos do protocolo e volume de produtividade.

Além do Comandante do 9º BPM e das auditoras do TCE, também participaram da reunião o Sub Comandante do 9º BPM, Maj Wanderson Diniz, o Comandante da 60ª Cia PM, Cap Saulo Henrique de Paula, o Chefe da Seção de Emprego Operacional da 13ª Região da Polícia Militar, Cap Flavio Tafuri e a equipe do serviço de prevenção à violência doméstica do 9º BPM composta pelos policiais militares 1º Sgt Wagner José Ferreira, Cb Fabiana Souza e Sd Wesjhane Moreira.

Fonte: 13ª RPM Barbacena.

Leia também:

BARBACENENSE DIAGNOSTICADA COM LEUCEMIA, NECESSITA DE SANGUE TIPO “O” NEGATIVO