Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Centro Cultural da Romaria reabrirá as portas nesta segunda, em Congonhas

A  Prefeitura de Congonhas e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) realizam solenidade de entrega à população da restauração do  Centro Cultural da Romaria.  O evento acontece na próxima segunda-feira (23-11), às 14h, na Alameda Cidade de Matozinhos de Portugal nº 153, Basílica.

A conclusão das obras de requalificação do Centro Cultural da Romaria, vai contribuir para o desenvolvimento da classe artística e a diversificação das opções de lazer em Congonhas. O público terá à sua disposição um vasto programa de atividades. Esta é uma das dez ações de valorização de bens tombados e espaços públicos localizados em área de ambiência histórica de Congonhas aprovadas no âmbito do PAC Cidades Históricas, criado pelo Iphan.

A obra contemplou entre outros; a reforma do telhado e do forro, além da construção de novas instalações, dentre as quais a construção do Teatro Municipal, obedecendo às normas técnicas vigentes.

Em 2018, foi dada a ordem de serviço para o início da restauração da edificação da Romaria, uma das 10 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas aprovadas para o Município.

O documento foi assinado pelo prefeito Zelinho, pela presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), Kátia Bogéa, pelo secretário de Planejamento, Antônio Odaque, pela secretária de Obras, Rosemary Benedito, pelo secretário de Gestão Urbana, Sandro Cordeiro, e pelo representante da empresa Sengel Construções, José Soares Diniz.

A obra orçada em, aproximadamente, R$ 5.522.977,86, foi executada em duas frentes: uma para a restauração do Centro Cultural da Romaria e outra para a construção do Teatro Municipal. De autoria do arquiteto Sylvio de Podestá, o projeto contemplou a integração desses espaços ao Parque Ecológico da Romaria.

O espaço agora conta com novas instalações, seguras, conforme as normas técnicas vigentes, e acessível, além de proporcionar locais agradáveis que permitam a permanência de seus usuários e a interação social dos diversos segmentos culturais.

A Romaria passou a abrigar, em 1995, uma grande estrutura destinada à preservação da história, da cultura, das artes, do lazer e do turismo de Congonhas. Para dar continuidade ao projeto idealizado naquele ano, o arquiteto Sylvio de Podestá adequou as novas demandas culturais do Município, promovendo sua repaginação com uma interpretação contemporânea face sua verdadeira vocação.

projeto-de-construção-de-teatro-em-congonhas-mg-01

Foto(arquivo): Prefeitura de Congonhas.

Leia também:

INSCREVA-SE NAS OFICINAS GRATUITAS DE VÍDEOS PARA REDES DIGITAIS E BORDADO ARTÍSTICO