Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

MEC libera verbas para instituições federais da Zona da Mata e Vertentes

Anúncio foi realizado nesta sexta-feira (18), durante uma coletiva de imprensa. O G1 entrou em contato com as unidades para saber quanto foi liberado para cada e onde a verba será usada; confira.

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira (18), durante uma coletiva de imprensa, o desbloqueio de R$ 1,1 bilhão para as universidades e institutos federais do Brasil. Segundo a pasta, a medida é uma realocação interna de recursos.

O G1 entrou em contato com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de São João del Rei (UFSJ), Instituto Federal de Minas Gerais (IF Sudeste) e Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) para demais informações. (veja abaixo o que diz cada instituição).

Até o fechamento desta matéria, a UFSJ, IF Sudeste e Cefet-MG não responderam os questionamentos da reportagem, que também procurou o MEC para saber os valores liberados para cada local e aguarda retorno.

De acordo com o Governo Federal, os valores já estão disponíveis para despesas de custeio das instituições, como água, energia elétrica, aquisição de materiais de consumo e outras prestações de serviços.

Em abril, o Ministério da Educação anunciou o bloqueio de 30% das despesas. A medida, que representava aproximadamente 3,5% do orçamento total, significava R$ 2,4 bilhões em valores absolutos.

Outros desbloqueios

No dia 30 de setembro, o G1 mostrou que instituições federais da Zona da Mata e Vertentes receberam mais de R$ 50 milhões de recursos que estavam bloqueados. Na ocasião foram liberados mais de R$ 14 milhões para a UFJF.

Universidade Federal de Viçosa: R$ 13.456.579

Universidade Federal de São João del Rei: R$ 8.368.009

Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais: R$ 8.491.550

Instituto Federal de Minas Gerais: R$ 8.198.494

Fonte: G1 Zona da Mata/Foto: Divulgação/UFSJ.

Leia também:

CAMPANHA ARRECADA CABELOS PARA PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA EM BARBACENA