Net Rosas Banner Grande
Unimed Banner Grande
BQHost Banner Grande
Barbacena Shopping

Método ‘canguru’ reduz tempo de bebês prematuros em UTI da Santa Casa de Barbacena.

Com a técnica criada na Colômbia, as crianças que demorariam meses para deixar a UTI acabam conseguindo ter alta em aproximadamente 10 dias.

A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena utiliza o método conhecido como “canguru” para acelerar o desenvolvimento dos bebês que nascem de forma prematura. A técnica faz com que os pais tenham contato pele a pele com os bebês e traz muitos benefícios.

O método do “canguru” foi desenvolvido na Colômbia e, com ele, as crianças que demorariam meses para deixar a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal acabam conseguindo ter alta em aproximadamente 10 dias.

De acordo com a coordenadora da UTI Neonatal, Andreza Silva, o método contribui com diversos estímulos ao bebê.

“A criança quando é prematura tem apnéia, que é esquecer de respirar. Quando elas entram contato pele a pele no ‘canguru’ a respiração da mãe lembra o bebê de respirar. A técnica ajuda ainda no aumento de peso, regula a temperatura, a criança fica mais calma e estimula a relactação”, explicou.

A metodologia é adotada para bebês que nascem com menos de 37 semanas de gestação e que precisam ir para a UTI Neonatal do hospital. A indicação se estende a bebês com menos de 2,5 kg e pode ser mantida por quanto tempo os pais desejarem.

Um levantamento aponta que em 2018 foram realizados 2.500 partos na unidade de saúde, sendo que 290 foram de bebês prematuros. Eles são encaminhados para a UTI, onde permanecem até que consigam alcançar o desenvolvimento normal. O tempo de permanência na UTI é variável.

Fonte: G1 Zona da Mata/Fotos: TV Integração e Assessoria de Comunicação Santa Casa de Barbacena.

BQHost Banner Grande 2
Barbacena Shopping