Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Oito macrorregiões  do Estado estão na onda vermelha do Minas Consciente

Oito regiões do estado, dentre elas a macrorregião Centro-Sul, passam a integrar a onda vermelha do Minas Consciente, o que ressalta a necessidade de a população do estado reforçar as medidas de distanciamento social e prevenção durante as celebrações do Natal e Ano Novo. É o que indica a deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19, realizada na quarta-feira (23/12), que estabeleceu a regressão de mais duas regiões no programa de retomada segura da economia.

A macrorregião Sul regride da onda amarela para a onda vermelha – se juntando a outras sete regiões. A onda vermelha, a mais restritiva do plano, permite apenas o funcionamento de serviços essenciais como farmácias, supermercados, padarias e bancos.

Já a macrorregião Triângulo do Norte foi orientada a regredir da onda verde para a onda amarela. As mudanças, válidas por uma semana – a partir do próximo sábado (25/12), visam manter o equilíbrio do cenário pandêmico e fazem parte das orientações para as regiões de Minas Gerais sobre a retomada segura das atividades econômicas.

Desta forma, oito das 14 macrorregiões se encontram na onda vermelha (Jequitinhonha, Leste, Leste do Sul, Nordeste,  Vale do Aço, Sudeste, Centro-Sul e Sul). Outras cinco estão na onda amarela (Centro, Norte, Noroeste, Oeste e Triângulo Norte). Já a região Triângulo Sul permanece na onda verde.

A região Triângulo do Sul permanece na onda verde* do Minas Consciente. Essa fase possibilita a abertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio. Dentre eles:  Atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo; cinemas, bibliotecas, museus, arquivos; bares com entretenimento (shows e espetáculos).

*Para avançar para a onda verde, as cidades precisam estar há 28 dias consecutivos na onda amarela, sem sofrer retrocessos durante esse período.

As regiões Centro, Norte, Noroeste, Oeste e Triângulo do Norte estão na onda amarela, fase na qual é permitida a abertura de serviços não essenciais, como por exemplos: bares (consumo no local); autoescolas e cursos de pilotagem; salões de beleza e atividades de estética, entre outros…

As regiões Jequitinhonha, Leste, Leste do Sul, Nordeste, Vale do Aço, Sudeste, CENTRO-SUL e Sul estão na onda vermelha, a mais restritiva do Minas Consciente, em que somente os serviços considerados essenciais são permitidos, como por exemplo: supermercados, padarias, lanchonetes, lojas de conveniência; bares e restaurantes (somente para delivery ou retirada no balcão); açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, entre outros…

A macrorregião Centro-Sul é composta pelas microrregiões de Saúde de Barbacena, Congonhas, Conselheiro Lafaiete e São João del Rei.

Fonte: SES-MG.

Leia também:

COM RESTRIÇÕES, DECRETO PERMITE ABERTURA DO COMÉRCIO VAREJISTA EM BARBACENA