Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Aprendiz

Passagem do cometa Neowise é registrada por fotógrafo em Barbacena

Foi grande a expectativa esta semana pela passagem do cometa Neowise (C/2020 F3). Muitas pessoas procuraram, após o por do sol, os pontos mais altos e de baixa visibilidade de Barbacena, na tentativa de visualizar o astro que, após a sua passagem pelo periélio (ponto mais próximo do sol), só retornará daqui a 6.765 anos.

O Neowise começou a ficar visível em nossa região a partir de terça (21) e permanecerá por mais alguns dias. Apesar disto, visualizá-lo se tornou um grande desafio. Conforme o Neowise se afasta do sol, os materiais voláteis que vaporizam e são ejetados do núcleo em forma de poeira e gás e que, através da ação da pressão de radiação e vento solar, formam sua cauda e brilho, começam a voltar a seu estado normal e consequentemente o cometa vai perdendo o seu brilho.

Quando visível apenas no hemisfério norte, o cometa era mais intenso em brilho e forma. As fotos que chegavam de lá aumentavam ainda mais o desejo de ver este inusitado astro. Infelizmente, para nós, o cometa não se apresentou visível a olho nu. Recebemos o cometa já em um período de afastamento do sol. Devido a isto, para visualizá-lo se faz necessário um binóculo, telescópio ou usar do artifício de uma foto em exposição. Foi o que fez o fotógrafo e astrônomo amador Sandro Morelli, que no anoitecer do dia 24 de Julho de 2020, munido de uma câmera e um tripé, conseguiu capturar o ilustre visitante nas foto abaixo:

Passagem-do-cometa-Neowise-foto-sandro-morelli-02

O desejo de ver um cometa não é nenhuma novidade em nossa região. Em 1986, milhares de pessoas no mundo inteiro se prepararam, com bonés, camisetas, chaveiros, máquinas fotográficas, binóculos e telescópios, na esperança de ver o cometa Halley. Mas, infelizmente, o Halley foi um “fiasco”. Outros cometas foram bem mais visíveis que o Halley, como o Hale-Bopp (C/1995 O1), McNaught (C/2006 P1) e o Lovejoy (C/2011 também registrado por Sandro em 2011 nas fotos abaixo:

Texto e fotos por: Sandro Morelli.

Leia também:

BRASÃO EM BRONZE RETIRADO DE MONUMENTO ALUSIVO AO DIA DA VITÓRIA É RECUPERADO