Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Barbacena e região permanecem na onda amarela do plano Minas Consciente 

Barbacena e diversos cidades que integram a macrorregião Centro-Sul de Saúde optaram por não avançar para onde verde do plano Minas Consciente, criado pelo Governo de Minas para garantir a retomada segura e responsável da economia nos municípios.

A decisão de não avançar para  onde verde, se mantendo na onda amarela, foi tomada após avaliação do Comitê Extraordinário Covid-19 que classificou 16 microrregiões do estado, inclusive a microrregião de Barbacena, ter apresentado quadro controlado da doença após passar 28 dias na onda amarela, deixando a decisão de avançar ou não de onda a cargo de prefeitos e gestores de saúde de cada uma das cidades inclusas nas microrregiões.

Diversos gestores de saúde de municípios que integram a macrorregião Centro-Sul decidiram por não avançar no Minas Consciente.  A decisão aconteceu durante reunião realizada na quinta-feira (04/09), após avaliações das estruturas e disponibilidade de equipamentos para atendimentos de pacientes com a covid-19, entre eles, os kits de anestésicos para intubação e manutenção de pacientes em ventilação mecânica que estão em sinal de alerta, e não há disponibilidade de alguns itens nas instituições. Os gestores consideraram também a escassez  dos produtos no mercado.

De todas as macrorregiões do estado, a Norte foi a única que apresentou bons índices e um contexto seguro para avanço para onda verde do plano Minas Consciente, segundo apontou levamentos realizados pelo Comitê Extraordinário Covid-19.

Essa será a primeira vez que uma região chega ao último nível do plano, quando já é permitida a volta de atividades como cinemas, zoológicos, casas de festas, parques de diversão e shows. A abertura dos estabelecimentos deve respeitar os protocolos de segurança e o decreto estadual que restringe a lotação máxima de até 30 pessoas por ambiente.

Na onda verde do Minas Consciente estão liberados para funcionar, como por exemplo; Atividades artísticas- como produção teatral, musical e de dança e circo;  cinemas, bibliotecas, museus, arquivos, parques, zoológicos e jardins, feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas, bufê; parques de diversão, boliches, sinuca, bares com entretenimento (shows e espetáculos), entre outros….

A partir deste sábado (5/9), os cursos de pós-graduação Stricto sensu (mestrado e doutorado) e Lato sensu (especialização) estão autorizados a retomarem as atividades na onda amarela do plano Minas Consciente.

Foto; Januário Basílio.

DECRETO AUTORIZA RETORNO DAS FEIRAS LIVRES PARA REGIÃO CENTRAL DE BARBACENA