Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Parque Estadual do Ibitipoca amplia para 750 o número de visitantes por dia

De acordo com Instituto Estadual de Florestas (IEF), para o acesso deve ser feito agendamento prévio e todos os visitantes devem, obrigatoriamente, usar máscara de proteção.

O Parque Estadual do Ibitipoca ampliou de 500 para 750 o número de visitantes por dia. O aumento no número de pessoas foi permitida uma vez que tanto a macrorregião como a microrregião em que o parque está localizado estão na onda amarela do “Minas Consciente”.

De acordo com Instituto Estadual de Florestas (IEF), responsável pela unidade de conservação, para o acesso deve ser feito agendamento prévio e todos os visitantes devem, obrigatoriamente, usar máscara de proteção durante todo o tempo de permanência no parque.

Além do maior número de visitantes, a mudança de onda permite também a ampliação dos horários de saída para trilhas.

 

Veja como ficou:

-Circuito Janela do Céu: serão permitidos nos horários de 7h e 9h, com limite de 93 pessoas cada

-Circuito Pico do Pião: serão quatro intervalos de saídas para a trilha: 7h30, 9h30, 10h30 e 12h30), com limite de 62 pessoas por horário.

-Circuito das Águas: serão permitidos cinco intervalos de saídas para a trilha: 8h30, 10h, 11h, 13h e 14h), com até 63 pessoas por horário.

O número de visitações diárias pode sofrer alterações a qualquer momento, conforme definições do Comitê Extraordinário Covid-19 do Governo de Minas, de acordo com a onda de cada região em relação à pandemia.

 

Histórico de funcionamento na pandemia

O Parque Estadual do Ibitipoca foi reaberto no início deste mês de fevereiro, após alterações nos protocolos do programa “Minas Consciente”. A unidade havia sido fechada em janeiro também deste ano devido à situação da pandemia na região de Lima Duarte.

Na ocasião da reabertura, houve uma reformulação no programa estadual, que permitiu que parques e unidades de conservação fossem autorizados a funcionarem em todas as ondas, desde que para isso seguissem protocolos específicos.

Anteriormente, a unidade, havia sido reaberta para visitação de turistas e grupos também em 30 de setembro e operava com 50% da capacidade máxima. O local chegou a ser fechado em março por causa da pandemia de coronavírus.

Fonte: G1 Zona da Mata/foto (arquivo): Januário Basílio.

Leia também:

MUSEU REGIONAL DE SÃO JOÃO DEL REI REALIZA 2ª EDIÇÃO DA SEMANA DO PATRIMÔNIO