Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Aprendiz
Banner grande BQHost 2

Santa Casa de Misericórdia de Barbacena retorna com horários de visitas

Conforme o contexto epidemiológico atual da Covid-19 onde as taxas de transmissão estão em baixa, bem como as internações, está sendo possível a flexibilização no retorno das visitas hospitalares na Santa Casa de Misericórdia de Barbacena, que tiveram início na última segunda-feira (08).

O Serviço de Controle de Infeção Hospitalar (SCIH) da entidade informa às medidas que devem ser seguidas abaixo:

Medidas gerais

– Proibido acompanhante e/ou visitantes com sintomas gripais;

– Obrigatório comprovação de, pelo menos, uma dose da vacina contra a Covid-19;

– Acompanhantes devem se dirigir apenas ao leito do seu paciente, não sendo permitido transitar por outros setores;

– As trocas de acompanhantes serão realizadas em horários pré-estabelecidos: 7h30 às 8h30 – 16h às 17h – 20h às 21h

– Uso obrigatório de máscara em todos os setores da instituição;

– Observar o distanciamento mínimo de 1,5 metros dentro dos respectivos setores.

Medidas por setor

– UTI Neonatal/Pediátrica: livre acesso de pai e mãe conforme normas e rotinas estabelecidas pelo SCIH;

– CTI Adulto: visitas diárias em todos os leitos, um visitante por paciente, no horário 16h às 17h.

– Obstetrícia: será permitido um acompanhante de escolha da mulher e visitantes no horário de 15h às 15h30, no máximo um visitante por paciente.

– Pediatria: Será permitido apenas um acompanhante (mãe, pai ou responsável legal) e as visitas acontecerão de 15h às 15h30, no máximo um visitante por paciente.

– Demais clínicas: Clínica Médica, Neuro, Nefro, Cirúrgica, apartamentos e Saúde Mental: visita no horário de 15h às 15h30, no máximo um visitante por paciente;

– Pronto Atendimento: visitas no horário de 15h às 15h30, no máximo um visitante por paciente.

Fonte: Santa Casa de Barbacena/foto (arquivo): Januário Basílio.

Leia também:

RELATÓRIO DO IF SUDESTE APONTA REDUÇÃO NA TAXA DE TRANSMISSÃO DA COVID-19 EM BARBACENA