Net Rosas Banner Grande
Collegiati – Construtora
BQHost Banner Grande
Banner grande BQHost 2

Comitê mantém região na onda amarela e cria protocolos para reabertura de parques

Atividades culturais e parques estaduais terão protocolo de reabertura

A macrorregião Centro Sul, compostas pelas microrregiões de saúde de Barbacena, Congonhas, Conselheiro Lafaiete e São João del Rei, segue na Onda Amarela do programa Minas Consciente. A decisão foi anunciada na tarde de quarta-feira (09/09), pelo governo de Minas, após mais uma reunião semanal. Todas as mudanças informadas na reunião começam a valer a partir de sábado (12).

É importante ressaltar que as microrregiões acima citadas foram consideradas aptas a avançar pra a Onda Verde do programa, que permite a reabertura de serviços não essenciais com alto risco de contágio, tais como: atividades artísticas, como produção teatral, musical e de dança e circo; Cinemas, bibliotecas, museus, arquivos; parques, zoológicos e jardins; feiras, congressos, exposições, filmagens de festas, casas de festas;  parques de diversão, discotecas, boliches, sinuca; bares com entretenimento (shows e espetáculos); entre outros… Porém, apesar da classificação por microrregião, a decisão de avançar ou regredir para uma onda cabe a cada Prefeitura.

Nesta quinta-feira (10), A Prefeitura de São João del Rei publicou um decreto que confirma o avanço da cidade para a Onda Verde.  O decreto já está em vigor e, conforme o texto do documento, os eventos estão autorizados, entretanto não podem ultrapassar o quantitativo de 30 pessoas no local, conforme as regras da deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19. Já as demais prefeituras ainda não haviam se decidido em avançar ou regredir para uma onda.

Na reunião realizada na quarta-feira, o Estado também autorizou o funcionamento de atividades e parques estaduais em regiões classificadas na Onda Amarela. Desde agosto, a macrorregião está inserida na Onda Amarela e, com a decisão tomada ontem pelo Comitê Estadual a macrorregião segue por mais 7 dias nesta etapa.

De acordo com o Governo de Minas, a macrorregião Centro-Sul apresentou índices favoráveis para manter a abertura de serviços não essenciais, contemplados pela Onda Amarela, como bares, lojas de roupas e calçados, autoescolas, salões de beleza, lojas de móveis, academias de ginástica (com restrições) e outros.

protocolo-minas-consciente-atrativos-naturais

O Comitê Estadual também anunciou a autorização de funcionamento de atividades culturais e parques estaduais na Onda Amarela. Assim, museus, galerias bibliotecas, parques e unidades de conservação poderão funcionar desde que sigam o mesmo protocolo de segurança estipulado para academias de ginástica.

De acordo com o Estado, a autorização foi concedida após avaliação das demandas e a possibilidade de adaptação sanitária dos setores para garantir a segurança do público.

Foto (capa/arquivo): Januário Basílio.

Leia também;

ESTADO ABRE CONTRATAÇÃO EMERGENCIAL PARA HOSPITAL REGIONAL DE BARBACENA